Aqui estão os eventos em que participo: exposições, prêmios, trocas de gravuras, intervenções urbanas e o que mais acontecer.

Para acompanhar concursos, exposições, lançamento de livros e curiosidades, visite meu outro blog:
http://gabinetedecuriosidades.blogspot.com/

Maria Pinto

23 agosto 2016

exposição ENCONTRO DA IMAGEM COM A LITERATURA LATINO_AMERICANA - Salão de Atos Tiradentes - SP


Exposição no Memorial une literatura e artes plásticas


Mais de 40 artistas visuais se inspiram na obra de escritores latino-americanos 
para exposição gratuita no Salão de Atos
A arte traduzindo em imagem o conteúdo de obra literária de um escritor: essa é a proposta da exposição “Encontro da Imagem com a Literatura Latino-americana”, que fica aberta no Salão de Atos do Memorial da América Latina entre 1º de setembro e 1º de outubro. A entrada é gratuita (portões 1, 2 e 5), de terça a domingo, das 9h às 18h.
Cada um dos 43 artistas se inspirou em uma obra literária para produzir em diferentes técnicas: aquarela; óleo; escultura; desenho; instalação; gravura ou fotografia. São trechos de textos de escritores conhecidos pelo público, como Pablo Neruda, Clarice Lispector e Guimarães Rosa, mas também dá espaço a outros mais contemporâneos.
Com curadoria da artista plástica Altina Felício, a exposição propõe-se a comprovar o antigo aforisma de que “o artista torna visível o invisível”. Revela, diz a curadora, “a cumplicidade que existe entre literatura e imagem, abrindo uma porta mágica tanto para os leitores quanto para os artistas potenciais”.
O resultado sempre será surpreendente e aberto a múltiplas interpretações, como, por exemplo, a pintura de Sylvia Soares para “A vida como ela é”, de Nelson Rodrigues. Ou, ainda, “A História de Ruth”, uma sobrevivente da Segunda Guerra Mundial. A autora, ela mesma a personagem do livro, Ruth Tarasantchi, releu sua própria obra em gravura. O trecho que ela escolheu:
Para mim a Segunda Guerra Mundial começou quando ainda estava em Bugojno, na Jugoslavia, a cidadezinha onde morávamos, e vi minha mãe chorando na cozinha… Meu avô paterno, Dedo, tinha sido torturado… Queriam que contasse aonde tinha escondido o ouro que achavam que ele tinha. Arrancaram-lhe todas as unhas das mãos e pés e ele não falou nada.
Outro trabalho emblemático, segundo a curadora, é o que faz o artista Reginaldo Francolino na releitura do livro “Quarto de Despejo”, da escritora Carolina Maria de Jesus, descoberta na favela pelo jornalista e escritor Audálio Dantas. O artista utilizou técnicas mistas para “construir” a imagem de um dos parágrafos mais emocionantes da obra de Carolina:
22 de junho… Faz comida, que eu vou chegar com fome. A frase comida ficou eclodindo dentro do meu cérebro. Parece que o meu pensamento repetia: Comida! Comida! Comida! Dizem que o Brasil já foi bom. Mas eu não sou da época do Brasil bom… Pudera! O medo de morrer de fome!” 

http://projeto-toque.blogspot.com.br/
Lista completa de artistas
Artistas visuais…
Alex Orsetti – Altina Felicio – An Affonso – Ana Dora – Angela Barbour – Cassiano Pereira Nunes – Cecilia Leal – Conceição Queiroz – Constança Lucas – Cristina Bottallo – David Willian – Eliane Consol – Fátima Lourenço – Georgina Torres – Giovana Inácio – Glaucia Nagem – Helena Bononi – Helena Carvalhosa – Irene Guerreiro – Isabel Pochini – Ivone Beltran – Ligia De Franceschi – Lilian  Arbex – Lucia Neto – Lucila Sartori – Maria Pinto – Maura de Andrade – Maura Yocico Takemiya – Milton Turcato – Nori Figueiredo – Raquel Fayad – Reginaldo Francolino – Rosana Mangeon – Ruth Kelson – Ruth Sprung Tarasantchi –Sandra Lozano – Sylvia Soares – Valdir Teixeira Flores – Vera Chalmers – Veronica Longo – Vicencia Gonsales – Vinicius Almeida – Zilá Troper
…conversam com escritores:
Adriana Lisboa (Brasil) – Adolfo Bioy Casares (Argentina) – Alejo Carpentier (Cuba) – Andrés Neuman (Argentina) – Augusto Roa Bastos (Paraguai) – Augusto Monterroso (Honduras) – Carolina de Jesus (Brasil) –  Clarice Lispector (Brasil) – Cesar Vallejo (Peru) – Eduardo Galeano (Uruguai) – Edmundo Paz Soldán (Bolívia) – Efraim Medina Reys (Colômbia) – Franz Tamayo (Bolívia) – Gabriel Garcia Marquez (Colômbia) – Gabriela Mistral (Chile) – Guimarães Rosa (Brasil) – Hilda Hilst (Brasil) – Ignacio Padilla (México) – José Rafael Pocaterra (Venezuela) – Jorge Icaza (Equador) – Jorge Luis Borges (Argentina) – Juan Bosch (República Dominicana) – Juan Carlos Onetti (Uruguai) –  Juan Rulfo (México) – Julio Cortázar (Argentina) – Maitena Burundarena (Argentina) –  Manoel de Barros (Brasil) – Mario Vargas Llosa (Peru) –  Miguel Jorge (Brasil) – Murilo Mendes (Brasil) – Nélida Pinon (Brasil) – Nelson Rodrigues (Brasil) – Octavio Paz (México) –Pablo Neruda (Chile) – Rodrigo Rey Rosa (Guatemala) –  Ricardo Piglia (Argentina) – Rigoberta Manchú (Guatemala) – Roberto Bolaño (Chile) – Rubén Dario (Nicarágua) – Ruth Sprung Tarasantchi (Brasil) ––  Tomás Eloy Martinez (Argentina)
ServiçoEncontro da Imagem com a Literatura Latino-Americana
Data: de 02/09 a 01/10
Visitações: terça a domingo, das 9h às 18h
Abertura: 01/09, às 19h
Local: Salão de Atos do Memorial da América Latina (portões 1, 2 e 5)
Entrada gratuita
Classificação Livre

04 agosto 2016

exposição MAIS QUE HUMANOS - ARTE no Juquery - Museu Emílio Ribas - SP


convido todos a esse belíssimo projeto TOQUE aonde participo eu e minha irmã.
Museu de Saúde Pública Emílio Ribas
Rua Tenente Pena, 100
Bom Retiro - SP
de 20 de agosto de 2016 a fevereiro de 2017

exposição IMAGEM e HAICAI - Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin - SP


Entre um monte de artistas e poetas fabulosos, estou eu e minha mãe, nessa exposição na USP que abre dia 4 de agosto e vai até 1º de setembro de 2016.
de segunda a sexta das 8h às 20h
Av. Prof Luciano Gualberto 78
Complexo Brasiliana USP
entrada pela Livraria da EDUSP